Informação

Mobilidade Urbana

o sistema viário é um espaço em permanente disputa entre diferentes atores, que se apresentam como pedestres e condutores.

Membros: 20
Última atividade: 17 Dez, 2014

Fórum de discussão

Fim do automóvel ?

Iniciado por Géssica Araújo 11 Maio, 2011.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Mobilidade Urbana para adicionar comentários!

Comentário de Renata Mello em 28 março 2013 às 17:07

Urbes lança pesquisa sobre mobilidade urbana em Sorocaba, SP -http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2013/03/urbe...

Comentário de Renata Mello em 10 janeiro 2012 às 9:39

Compartilho notícia sobre:  

Curitiba tem 92% da frota do transporte com acessibilidade em 06/01/2012

Para ler acesse: Curitiba%20tem%2092%25%20da%20frota%20do%20transporte%20com%20acess...

Extraído do site: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/curitiba-tem-92-da-frota-do-...

Comentário de Renata Mello em 10 janeiro 2012 às 9:10

Compartilho notícia sobre:  

Ipea divulga documento oficial sobre nova lei nacional de mobilidade urbana em 06/01/2012.

Para ler acesse: SeculoDiario.pdf

Extraído do site: http://www.seculodiario.com.br/imprime.asp?id=34542&tp=noticia

Comentário de Coniza.com.br em 5 fevereiro 2010 às 23:44
Só um exemplo, para ilustrar tecnologias de ponta. Numa cadeira de rodas, com sensores baratos (conheço e vivo estas coisas), se possa chegar a algum espaço dentro de uma cidade e ter acesso antecipado. Como isto funciona? É, um projeto que alia mecânica, elétrica e eletrônica. Já existem pessoas trabalhando em telemetria, isto para mim nunca foi novidade, conheço tais conceitos desde a década de 70, só que no Brasil demoram em demasia para aplicarem o que já existe lá fora, e do que ainda não existe, e daria para ter no Brasil, primeiro.
Comentário de Coniza.com.br em 5 fevereiro 2010 às 23:41
Com a evolução tecnológica já existem técnicas para facilitar a vida das pessoas, no entanto não estão em aplicação por que a grande maioria não conhecem tais conceitos, para isto temos que conhecer como são as necessidades e emparelhar com tecnologias de ponta. Estou à disposição para os que tenham necessidade de algum tipo, possa comentar o que seja conveniente e iremos averiguar qual seja a tecnologia mais apropriada.
Comentário de Claudio Soares de Almeida PY4ESH em 19 outubro 2009 às 11:13
A integração social por parte das pessuas com baixa visão e cegas. É muito dificil para quem não vive a situação imaginar como é ter uma vida cheia de limitações. Os def visuais sofrem muito, pois a sociedade esquece-se de dar a estas pessoas a oportunidade de trabalho e lazer. Temos que repensar a convivencia com os hoje marginalizados.
Comentário de Silvia Maria Carneiro de Campos em 14 setembro 2009 às 18:00
No dia 21 de setembro, segunda-feira, estão previstos dois debates, em comemoração ao dia nacional sem carro.





“O impacto da poluição sobre a saúde pública”

Horário: 9h às 13h

Local: Teatro da Faculdade de Medicina da USP, Avenida Doutor Arnaldo nº455



O objetivo do encontro é debater as principais questões e propor soluções para diminuir a poluição e melhorar a qualidade do ar e a saúde da população nas grandes cidades brasileiras, especialmente em São Paulo.



Neste seminário será apresentado um panorama da poluição, da qualidade do ar, e o impacto na saúde por autoridades médicas e governamentais da área. Representantes de diversos setores (combustíveis, motores, inspeção veicular, consumidores, ministério público) discutirão responsabilidades e soluções.



A agenda provisória do evento é a seguinte:



Abertura



Painel 1 - A poluição do ar em São Paulo e suas causas

Claudio Alonso - CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo - confirmado



Painel 2 - O efeito da poluição na saúde pública

Paulo Saldiva – Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental - Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - confirmado

Antonio Carlos Palandri Chagas – Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia - confirmado

Januario Montone – Secretário municipal da Saúde - confirmado



Painel 3 - Ruído urbano e seus efeitos na saúde pública

Alfred Szwarc - ADS tecnologia e desenvolvimento sustentável - confirmado



Mesa Redonda - Responsabilidades e Soluções - Debate buscando pontos de convergência para solução dos problemas

Lisa Gunn - Idec – Coordenadora Executiva do IDEC - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - confirmada

Hélio Mattar – Diretor-Presidente do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente - confirmado

Alfred Szwarc - ADS tecnologia e desenvolvimento sustentável - confirmado

Eduardo Jorge – Secretário municipal do Verde e Meio Ambiente - confirmado

Carlos Ibsen Vianna Lacava - Diretoria de Tecnologia, Qualidade e Avaliação Ambiental da CETESB - confirmado

José Eduardo Ismael Lutti – Promotor secretário executivo da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente da Capital - confirmado

Cledorvino Belini – Presidente da Fiat

Thomas Schmall – Presidente da Volkswagen

Sven Antosson – Presidente da Scania

Tommy Svensson – Presidente da Volvo



Obs.: A Petrobras, a Ford e a Mercedes foram convidadas para o seminário e declinaram do convite. Ainda estamos aguardando as confirmações das demais montadoras.



Encerramento



Por favor, confirme presença pelo e-mail zuleica@isps.org.br



“Mobilidade urbana - A importância de um Plano Municipal de Transportes em São Paulo”

Horário: 19h30 às 21h30

Local: Tucarena (PUC/SP), Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes.



O objetivo principal é elaborar uma proposta para o Plano de Circulação Viária e Transportes para a cidade de São Paulo. O plano está previsto no Plano Diretor Estratégico e, pela lei, deveria estar pronto desde 2006.



A partir do encontro, a idéia é formar uma comissão com representantes da sociedade civil para dar apoio à Prefeitura, levando propostas com foco nos ideais de cidade sustentável e incentivando a concretização do Plano.



Além disso, o seminário tem como objetivos:



- Traçar um breve panorama da cidade de São Paulo, no que diz respeito ao planejamento e construção da cidade do ponto de vista da mobilidade urbana e transportes;


- Apresentar alternativas, possibilidades e propostas para melhorar a mobilidade urbana na cidade, e



- Mobilizar os participantes para as atividades do dia 22 de setembro.



Participam do debate: Ladislau Dowbor (PUC-SP -confirmado), João Lacerda (ONG Transporte Ativo-confirmado), Horácio Figueira (vice-presidente da Associação Brasileira de Pedestres e consultor da Abramet - Associação Brasileira de Medicina de Tráfego-confirmado) e Assuncion Blanco (Associação Viva Pacaembu-confirmada). A mediação será do apresentador da rádio CBN Milton Jung.



Por favor, confirme presença pelo e-mail andrea@isps.org.br
Comentário de Renata Mello em 4 setembro 2009 às 13:27
Pessoal,
Na categoria vídeo coloquei um material sobre Mobilidade Urbana bem interessante.
Vale a pena ver!
Comentário de Silvia Maria Carneiro de Campos em 25 agosto 2009 às 21:31
Historicamente, o acesso das pessoas com deficiência aos sistemas de transporte foi entendido como sua adaptação e teve como imagem o acesso do usuário de cadeiras de rodas através de elevadores, aos diversos tipos de veículos utilizados no Brasil. Esta visão impediu uma abordagem mais adequada do problema, desconsiderando-se, nesta solução, todos os tipos de deficiência existentes e suas necessidades específicas.
Para as pessoas com restrição de mobilidade ter acessibilidade não se resume à possibilidade de entrar em um determinado local ou veículo, mas na capacidade de se deslocar pela cidade, através da utilização dos vários modos possíveis de transporte, organizados em uma rede de serviços e por todos os espaços públicos, de maneira independente. Tão importante quanto adequar os espaços públicos para garantir a circulação dessas pessoas, é eliminando-se as barreiras existentes e não serem criadas diariamente novas barreiras, o que pode ser percebido na quase totalidade dos municípios brasileiros. Ao se garantir a mobilidade das pessoas com deficiência pela cidade, também deverá ser promovido o acesso a prédios públicos, estabelecimentos de comércio ou de serviços e áreas de lazer.
Comentário de Silvia Maria Carneiro de Campos em 25 agosto 2009 às 21:31
A existência de barreiras econômicas, sociais e, sobretudo, as físicas atingem deas populações mais pobres, cuja circulação e acessibilidade ao espaço urbano são drasticamente reduzidas, impedindo o deslocamento de pessoas com deficiência e outras que possuem dificuldades de locomoção.O conceito de Mobilidade Urbana Sustentável como o resultado de um conjunto de políticas de transporte e circulação que visam a proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano, através da priorização dos modos de transporte coletivo.
 

Membros (19)

 
 
 

© 2017   Criado por Renata Mello.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço